PM DESARTICULA “GANGUE DOS CASQUINHAS” EM CUPARAQUE

Cuparaque – Um homem e dois adolescentes suspeitos de tráfico e de chefiar uma gangue naquela localidade foram presos na manhã do dia 11\02.

Os militares já haviam recebidos várias denúncias de que na casa de R. D. S., 20, havia uma grande movimentação que poderia ser por causa do comércio de drogas.

Os militares juntaram reforços de polícias de Goiabeira, e cercaram a casa, que fica na rua Manoel José Furtado, tendo em vista que os suspeitos já foram vistos por moradores circulando no bairro armados e provocando medo.

O Chefe da gangue seria um sujeito conhecido por “Robin dos Casquinhas” . A gangue dos “ Casquinhas” teria segundo a polícia militar envolvimento em diversos crimes, entre eles trafico de drogas, homicídios, porte de arma de fogo, furtos, e suspeitas de roubos, tanto Minas Gerais com ramificação no estado do Espírito Santo, na região da cidade de Mantenópolis.

Enquanto conversavam com o suspeito, os militares escutara um barulho semelhante a manejo de arma de fogo, e uma movimentação de dentro de um dos quartos da casa para dentro do banheiro e dando descarga.

Após uma longa negociação, os militares foram autorizados a entrarem na casa, e quando em buscas localizaram dentro do quarto  buchas de maconha; no banheiro ao lado do vaso sanitário mais 02 buchas de maconha foram localizadas, em cima da geladeira foi encontrada  uma porção de maconha e a quantia de R$37,00, que poderia ser produto da venda de drogas; ainda foi localizado em cima do colchão coberto por lençóis uma arma fogo de fabricação caseira com aparência de submetralhadora. Um dos adolescentes possuía um mandado de busca e apreensão expedido na comarca de Mantenópolis/ES.

Os dois menores foram apreendidos e o homem preso, foram encaminhados juntamente com as drogas e a arma para a Delegacia de Polícia em Governador Valadares.

Sgt Mercio, Sgt Giliano, Sgt Andre Chaves, Sd Thiago

 

Por David Luvinstain

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada2.144 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *