FRASES QUE PODEM SALVAR UM CASAMENTO – Por Pastor Wellington Ricardo

Rev. Wellington Ricardo - Pastor da  Igreja Presbiteriana Simonton Conselheiro Pena
Rev. Wellington Ricardo – Pastor da Igreja Presbiteriana Simonton Conselheiro Pena

Há anos, um famoso psiquiatra de Nova York, encerrando sua brilhante carreira, disse que uma das coisas que mais atrapalhava as pessoas era a expressão “se ao menos”. Ele afirma: “Muitos de meus pacientes tem levado a vida no passado, mortificando-se por causa do que deviam ter feito em várias situações: ´Se ao menos eu tivesse me preparado melhor para aquela entrevista…´ ou, ´Se ao menos eu tivesse expressado ao chefe meus verdadeiros sentimentos…´”.
A sugestão que ele dá é a de usar uma técnica simples: Toda vez que tivermos vontade de usar a expressão “se ao menos”, deveríamos trocá-la por outra que demonstra atitude: “Da próxima vez eu vou dizer…”, ou “da próxima vez vou fazer aquele curso”, “da próxima vez vou agir de forma diferente”.
Segundo sua análise, esta atitude fecha a porta aos problemas, possibilitando-nos á dedicar mais tempo e reflexão ao presente e ao futuro, e não ao passado.
Existem seis frases que “se” repetidas, podem salvar um casamento:
1. Seis palavras: Frase da humildade: “Eu reconheço que cometi um erro”. A dificuldade de admitir o erro pode sinalizar o fim da confiança. Não é fácil confessar, mas é terapêutico e restaurador.
2. Cinco Palavras: Frase da valorização – “Você fez um bom trabalho”. A pessoa faz tudo certo o ano inteiro, sem receber um elogio, no primeiro erro surge a voraz crítica. Precisamos aprender a elogiar.
3. Quatro palavras: Frase da Apreciação – “Qual é sua opinião?” Casamento é parceria, não rivalidade. Um completa o outro e o respeito pelo que o outro pensa, fortalece os vínculos de forma poderosa.
4. Três palavras: Frase da Afeição – “Eu amo você!”. Declarar o amor retroalimenta o sentimento. Seja pródigo na afirmação e econômico na crítica negativa.
5. Duas Palavras: Frase da Gratidão: “Muito obrigado!” Se fossemos educados dentro de casa como somos para com os de fora, muita coisa mudaria positivamente.
6. Uma Palavra – “Deus!” – Esta é a palavra central, insubstituível e inegociável. Se ao menos Ele estivesse no centro das coisas. Se Ele fosse considerado seriamente nas nossas decisões, se ao menos pudéssemos lhe dirigir uma prece honesta e sincera pedindo direção e sabedoria… Com certeza, tudo seria diferente!
Atribui-se a Alexander Solzhenitsyn a seguinte frase: “Se ao menos houvesse gente ruim por aí, insidiosamente fazendo o mal e fosse necessário apenas separá-las do resto de nós e destruí-las. Mas a linha que divide o bem do mal passa pelo meio do coração de cada ser humano. E quem está disposto a destruir um pedaço de seu próprio coração?”.
Que Deus nos ajude a melhorarmos nós mesmos em nossos relacionamentos, principalmente o conjugal. Deus em tudo te abençoe grandemente!

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada515 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *