88 ANOS DE ANTÔNIO BAÍA – Família Oliveira reúne 130 membros para comemorar data especial

A história de uma comunidade é efetivamente escrita, quando se respeita e se preserva a sua própria gente, contando e relatando a estrada que trilhou deixando assim pegadas impagáveis para que outros os sigam, fazendo assim com que o progresso, a evolução e novas conquistas sejam feitas formando um ciclo que se perpetua.
A história de uma família mostra a grandeza de um homem e a justeza de seus filhos, em prestar-lhe aqui esta homenagem .
Antônio Regino de Oliveira, nasceu no dia 12 de maio de 1930 na vila de Penha do Norte, distrito de Conselheiro Pena, filho de Sebastião Ramos e D. Filomena, de uma família de 7 irmãos. Morou em Sapucaia do Norte, distrito de Galileia. Casou-se com a honorável e saudosa senhora Olívia Valbusa de Oliveira em 1.952, com quem teve 05 filhos:
Pedro Paulo de Oliveira: casado com Penha Bonela, sendo pais de Natália, Lívia e André;
Maria Helena de Oliveira: casada com José Alcino Coelho (em memória) sendo pais de Cristiane, casada com Alessandro sendo pais de Bruno e Cássio; Marcos Vinícius casado com Neila, sendo pais de Emanuel.
Wanderlúcio Ramos de Oliveira: casado com Elza, sendo pais de Murilo, casado com Patrícia, sendo pais de Bruna Murilo Jr.; e Vitor, casado com Natacha, pais de Olivia e Regina.
Filomena de Oliveira: Casada com Jefferson de Souza, sendo pais de Stanley, casado com Clebia e pais de Lavynea; Ashley casado com Rivane sendo pais de Pietra, Eloa e Alexia; Markson que é casado com Andresa.
Antônio de Oliveira Filho: casado com Anabela Dutra, sendo pais de Alexandre e Ana Carolina.
Conhecido carinhosamente como Antônio Baía, chegou em Conselheiro Pena em 1.º de janeiro de 1967 com a esposa e os cinco filhos menores, iniciando sua trajetória como comerciante na pensão Baía, daí o apelido, e aqui criando suas inabaláveis raízes.
Amparado pela amada e saudosa esposa Dona Olívia, companheira e guerreira, a quem nesta oportunidade rendemos todas as homenagens como mulher, esposa e mãe admirável, criou seus 5 filhos, educando-os nos princípios básicos cristão: honestidade, trabalho e respeito ao próximo.
Antônio Baía sempre pautou sua vida no diálogo com bons conselhos, um bom papo com dose redobrada de saudosismo, pois gosta de uma boa amizade.
Sr. Antônio completou 88 anos( o único filho vivo dos7 irmãos), conseguiu com o apoio dos filhos, reunir mais de 130 membros familiares no primeiro encontro da família Oliveira, vindos de São Paulo, Limeira (SP), Vilhena (RO), Curitiba(PR), Vitória (ES), Eunápolis(BA) Belo Horizonte, cidades próximas, além de Conselheiro Pena.
Com uma programação elaborada com carinho a família celebrou a história: sexta-feira-11/05 – café com prosa em sua residência e a noite terminou com um baile no Uirapuru em parceria e promoção do Lions Clube.
No Sábado – 12/05, após café no Hotel Bela Adormecida, os familiares saíram em carreata junto a Barca da Alegria até uma chácara próximo a cidade, onde foi realizada uma celebração alusiva ao aniversário do Sr. Antônio, e abertura da 1.ª cerveja com comida de boteco, churrasco e grande almoço de confraternização, animados pelo cantor Neirivaldo Silva e banda, com os cliques do fotógrafo oficial Capachildo.
No domingo-13/05, foi celebrada uma missa no horário das 8h30min, em homenagem ao patriarca, com a participação dos familiares.
A partir desta data, Antônio Baía está se sentindo realizado e muito feliz, agradecendo sempre a Deus pela comemoração.

 

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada1.023 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *