PROFESSORES DA REDE ESTADUAL FAZEM MANIFESTAÇÃO CONTRA ATRASO NO PAGAMENTO

Conselheiro Pena – Uma Manifestação pacífica pelo pagamento do salário dos Funcionários da Ativa e Aposentados da Educação de Minas Gerais foi realizado na cidade, 25/06. Estiveram  presente representante de  vários segmentos da Educação da Rede Pública Estadual da nossa cidade.

A Comunidade, pais e alunos aderiram o movimento e junto com os membros do Diretório Regional do SindUte saíram em passeata pelas ruas da cidade, depois de uma concentração na Escola Estadual Maria Guilhermina, terminando com um ato cívico em frente à prefeitura de Conselheiro Pena.

Há tem 1 ano e 4 meses que o pagamento não acontece no 5° dia útil, sempre nos dia 13 para frente, e escalonado em 3 parcelas para quem ganha mais de R$ 3.000,00

O  13° salário de 2017 foi dividido em 4 vezes, Janeiro – Fevereiro – Março e Abril, enquanto as outras categorias do Estado receberam em 2 parcelas, Dezembro e Janeiro, também totalmente atrasado. Graças a este parcelamento do 13° o banco cobrou juros absurdos dos seus clientes chegando ao ponto de realizar empréstimos sem autorização para cobrir a antecipação do 13°
Nestes últimos 2 meses o Governo de Minas Gerais, Fernando Pimentel, conseguiu piorar a situação, marcou a data do pagamento, dia 16 e dia 13 respectivamente, e não pagou nos dias marcados. Este mês de Junho, já estamos no dia 25/06, ele não realizou o pagamento da 1ª parcela de todos os profissionais da educação e os aposentados receberam até agora R$ 500,00 reais.

Algumas categorias do Estado receberam no dia de 24/06 a 2ª parcela, também em atraso, e nós da educação estamos ainda tentando receber a 1ª parcela. Vários profissionais da educação já estão passando sérias dificuldades financeiras e até para colocar o seu alimento dentro de casa.
Segundo os organizadores do movimento, o governador Fernando Pimentel tem demonstrado uma total pela falta de respeito pela educação de Minas que a GREVE CONTINUA!

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada2.958 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *