COMO FAZER A EMPRESA CRESCER: O DESAFIO DOS PEQUENOS E MÉDIOS EMPRESÁRIOS DO LESTE

A previsão para o segundo semestre deste ano é que a economia mundial cresça 3,9%, o que representa uma notável melhoria em relação aos 3,7% de crescimento em 2017 e aos 3,2% de 2016, de acordo com dados do Fundo Monetário Internacional (FMI). Mas quando analisamos os números da realidade brasileira, a previsão não é tão animadora assim. Nossa economia deve crescer 1,8% no segundo semestre deste ano. Em um cenário como este, o empreendedor precisa se livrar da crise e estar preparado para aproveitar a onda de crescimento. Por isso os empresários do Vale do Rio Doce não devem tomar somente para si a responsabilidade de fazer as suas empresas voltarem a seguir os trilhos do crescimento. É preciso um parceiro que está sempre atento ao mercado financeiro para agregar valor intelectual ao negócio. E o que muitos empresários ainda não sabem é que esta responsabilidade pode ser compartilhada com a sua contabilidade. Alguns ainda enxergam o contador como uma figura que vai pagar impostos da empresa e fazer a folha de pagamento dos funcionários, quando na verdade o seu escritório pode fazer muito mais do que isso. Os grandes empreendedores já enxergam o contador como um parceiro estratégico para a tomada de decisões que contribuirão para o crescimento do negócio.
Pensando nisso a NTW Contabilidade e Gestão Empresarial, maior rede de escritórios do Brasil, chega a Conselheiro Pena trazendo contabilidade consultiva aliada à gestão empresarial com o objetivo de fazer as empresas do Vale do Rio Doce crescerem. E quando uma empresa cresce, toda a economia local se desenvolve, gerando mais empregos e renda para a população. “O mercado evoluiu e nós percebemos que as empresas da nossa região precisavam acompanhar esta evolução. Por isso convertemos o antigo escritório para a maior empresa de contabilidade com 78 escritórios no país. E quem ganha com isso são as empresas do Vale do Rio Doce, que já podem contar com os serviços de contabilidade que fizeram as grandes corporações das maiores cidades do Brasil alcançarem seus objetivos”, explica a contadora e empresária Leilla Christina, ex-proprietária da Consol, que converteu seu escritório a uma franquia da NTW Contabilidade e Gestão Empresarial.
Ao mesmo tempo em que a instabilidade econômica é uma ameaça, ela move os verdadeiros empreendedores a buscarem novas oportunidades, incluindo aí contar com parceiros que realmente agreguem valor ao negócio. Por isso a NTW trabalha com o conceito de contabilidade consultiva, onde o contador é o profissional que pode auxiliar o gestor na identificação de novas oportunidades, na consultoria fiscal avaliando a possibilidade de pagar menos impostos, e na expansão do negócio. A contabilidade consultiva analisa muito mais do que as obrigações fiscais de uma empresa. A partir dessa nova perspectiva, o contador tem condições de apresentar os dados ao gestor, fornecendo indicadores reais do cenário para embasar suas tomadas de decisão.
Além da contabilidade consultiva, um dos diferenciais da NTW é o uso da tecnologia a favor da agilidade nas informações. “Se mobilidade e inovação eram temas distantes da realidade das pequenas e médias empresas, a NTW torna este recurso acessível por meio do aplicativo para smartphones e tablets. Assim o empresário pode ter o controle financeiro do seu negócio na palma da mão com o app, tendo acesso rápido a documentos, guias, relatórios, além de fazer contato direto com o seu contador sem precisar ir no escritório ou fazer uma ligação”, conta Leilla.
O escritório é especialista em Lucro Real, uma forma de tributação onde o imposto de renda é determinado a partir do lucro contábil, apurado pela pessoa jurídica, acrescido dos ajustes requeridos pela legislação fiscal. A contadora explica que esta modalidade pode ser mais vantajosa do que o Simples, dependendo da empresa. “O Lucro Real tem se demonstrado mais vantajoso para alguns segmentos como supermercados e postos de combustíveis, por exemplo, que trabalham com margens de lucro menores. Porém, é somente através de um estudo nos dados da empresa que é possível levantar a melhor opção”, finaliza a contadora.

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada1.681 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *