Sabonetes Artesanais ou Industriais – Quais usar? – Por Karina Franco Botti Lima

Karina F. Botti Lima é Proprietária da Saboaria Artesanal Empório do Banho

Com acesso a tanta informação e o apelo por sustentabilidade, onde questionamos tanto a qualidade e a composição dos produtos que consumimos, não podemos deixar de pensar nos sabonetes. Você sabe qual a diferença entre os sabonetes industrializados e os artesanais? Será que é só a forma como são feitos ou sua fórmula também é diferente?
Então vamos conhecer inicialmente os ingredientes básicos necessários para fazer sabão ou sabonete. Gordura + soda cáustica. Soda? Como assim soda cáustica em um produto que usamos na pele? Sim, quando a soda e a gordura são misturadas de forma correta e nas quantidades adequadas isso gera uma reação química chamada de saponificação. O resultado dessa reação é o sabão e a glicerina. A partir dessa reação química é que se diferencia o processo de fabricação do sabonete industrial do sabonete artesanal (também conhecido como sabonete natural). No processo industrial, a glicerina é retirada e destinada a outros fins por ter um valor mais alto no mercado. No processo artesanal a glicerina é usada na própria confecção do sabonete. A partir deste ponto são acrescentados óleos, extratos, essências e outros itens para finalizar o sabonete.
Vamos às diferenças básicas entre os dois então?

Sabonetes Industrializados
· A carência de glicerina nos sabonetes industriais (ou comerciais) é a principal razão do ressecamento que sentimos na pele com o seu uso. E muitas vezes percebemos o próprio sabonete ressecar e rachar (apesar de muitos sabonetes industriais prometerem pele macia e hidratada, será mesmo?);
· Os sabonetes industriais duram mais porque são fabricados visando maior conservação e duração. Para isso são usados produtos químicos e conservantes, muitos deles feitos à base de petróleo;
· São mais baratos porque raramente são feitos com produtos naturais e são produzidos em alta escala.

Sabonetes Artesanais
· A glicerina gerada no processo de saponificação é utilizada na base do sabonete artesanal. A glicerina é o ingrediente responsável pela hidratação da pele;
· Os sabonetes artesanais duram menos do que os sabonetes industriais e, se forem deixados na água, dissolvem com muito mais facilidade porque não são utilizados conservantes ou outros produtos artificiais na sua formulação;
· Têm um custo superior porque são enriquecidos com óleos e essências naturais, extratos vegetais e ervas. Todos os produtos são naturais e, portanto mais têm um custo mais elevado;
· São produzidos em baixa escala e com mais utilização de mão-de-obra especializada.
· Enquanto um sabonete industrial é sempre igual, um sabonete artesanal é único. Na confecção do sabonete artesanal, ainda que usemos a mesma receita, os mesmos aditivos, nenhum sabonete será exatamente igual ao outro em sua textura, sua forma e suas cores.
Conheça os principais benefícios proporcionados pelos sabonetes artesanais:
Há propriedades terapêuticas;
Fazem uma hidratação natural da pele;
Não agridem tanto a pele e ainda ajudam em relação a queimaduras e alergias a sulfatos;
Ajuda na cicatrização;
São ricos em glicerina, por isso protegem e nutrem a pele;
Por serem totalmente naturais, não poluem o meio ambiente;
Podem ser usados nos animais de estimação ou em crianças e idosos sem contraindicações;
Têm propriedades variáveis, dependendo dos óleos e extratos usados em sua confecção.
Usar um sabonete artesanal é sinônimo de ter a pele tratada, hidratada e perfumada após o banho. Além de ter um produto bonito, cheiroso e personalizado no banheiro. Ele pode ser em barra, líquido ou em pasta.

 

***Artigos assinados são de inteira responsabilidade de seu autor e não representam necessariamente a opinião do site Noticias no Leste

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada339 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *