UMA BREVE REFLEXÃO SOBRE OS PARTIDOS POLÍTICOS – Por João Inácio

João Inácio é Bacharel em Ciência Politica, Pós Graduando em Políticas Públicas, Secretário de Formação Politica do PSL em Conselheiro Pena

Quando se fala em partido político vem logo a ideia de eleições, embora não tenha como haver eleições sem partidos políticos, estas instituições possuem uma importância que vai muito além de um simples período eleitoral, surgiram na primeira metade do século XIX, mais especificamente na Europa e nos estados unidos, vieram com o propósito de efetivação da democracia, mesmo que os partidos políticos brasileiros estejam em momentos de crises nos dias atuais, é importante lembrar que eles representam um importante pilar para a democracia representativa.

Não há um conceito especifico de partido político justamente pelo fato de que existem várias correntes de pensamento acerca do assunto, a sociologia, o direito e a ciência política propriamente dita, trazem conceitos diferenciados quando se trata de partido político, um dos conceitos mais usados pelos estudiosos é:  “uma organização ou associação política estável apoiada a uma ideologia determinada relacionada entre seus afiliados e seguidores, que aspira em algum momento o poder de uma nação para poder impor e desenvolver seu programa político”.

Os partidos políticos estão previstos na constituição federal de 88 no artigo 17 e na lei 9095/95 e funcionam como um elo entre as aspirações do povo e as possibilidades de governo do estado, o Brasil possui atualmente 35 partidos registrados no TSE, com tantos partidos atuando não é de se estranhar a confusão ideológica entre eles, um exemplo é o fato de o PT, PDT, PTB, PTC, PRTB, defenderem uma mesma classe que é a trabalhadora, os partidos possuem uma grande importância para a democracia brasileira,  eles permitem a aglutinação política e sua finalidade assegura o interesse do regime democrático,  autenticidade do sistema representativo e a defesa dos direitos fundamentais, representam também um dentre os cinco grandes pilares da democracia no Brasil, quais são: poder executivo, poder legislativo, poder judiciário, os partidos políticos e a imprensa.

Embora a ideologia represente um dos requisitos básicos para a formação de um partido político, na pratica não é bem assim que as coisas funcionam, é comum o eleitor, filiados em geral e até candidatos a algum cargo eletivo, não saberem a ideologia dos próprios partidos, na grande maioria das vezes os eleitores votam no candidato pelo seu carisma e pelo conhecimento com o mesmo, ignorando o partido ou coligação a qual o candidato pertence, é importante pesquisar bem sobre os partidos políticos e verificar qual nos represente melhor, pois, é através deles que podemos exercer com legitimidade nossa cidadania.

****Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e não representa necessariamente a opinião do site.

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada195 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *