SEU TÍTULO DE ELEITOR PODE SER CANCELADO- É OBRIGATÓRIO FAZER A BIOMETRIA

Se você não fizer o recadastramento biométrico, não vai poder votar nas eleições do ano que vem. É simples assim.

O recadastramento é gratuito porém obrigatório nas cidades de Conselheiro Pena, Alvarenga, Goiabeira e Cuparaque.

O serviço vai até fevereiro do ano que vem, mas você não deve deixar para última hora.

Segundo o chefe do Cartório em Conselheiro Pena, Sr. Wagner Ferreira, ainda há um déficit grande de eleitores que ainda não se recadastraram.

Segundo ele, as sessões eleitorais em zona rurais não estão comparecendo. A ausência dos eleitores no recadastramento pode mudar os rumos das eleições, visto que o eleitor que não o fizer, não vai poder votar nas eleições do ano que vem

Veja o que acontece se seu título for cancelado

– Não poderá votar;
– O cidadão ficará impedido de receber salários ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou paraestatal, bem como fundações governamentais, empresas, institutos e sociedades de qualquer natureza, mantidas ou subvencionadas pelo governo;
– Não poderá tirar o passaporte;
– Não será possível se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles;
– Com o título cancelado, não poderá renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo;
– O cidadão que tiver seu título cancelado não poderá obter o certificado de quitação eleitoral, de acordo com disciplina a Res.-TSE nº 21.823/2004;
– Não poderá participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias;
– Ficará impedido de concorrer às eleições;

confira os números abaixo:

OS DADOS DOS BAIRROS E DISTRITOS EM CONSELHEIRO PENA

Total de Eleitores Eleitores com Biometria Percentual de eleitores com biometria
Alvarenga 4.588 3.731 81,32%
Conselheiro Pena 16.682 9.627 57,71%
Cuparaque 4.229 3.051 72,14%
Goiabeira 3.129 2.415 77,18%

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada530 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *