COMO CUIDAR DA SAÚDE BUCAL EM TEMPOS DE CORONAVÍRUS – Por Dra. Fátima Zambon

Entenda por que não se pode deixar de lado a higiene bucal durante a crise da Covid-19 e como proceder caso tenha algum problema odontológico
A pandemia mundial de Covid-19, decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), alterou a rotina dos brasileiros, que agora devem evitar aglomerações e redobrar a higiene pessoal. Nesse contexto, é importante ressaltar que as pessoas devem ficar ainda mais atentas à higiene bucal.
Primeiro porque ela é fundamental para a manutenção da saúde geral. E segundo porque, de acordo com as orientações técnicas do Ministério da Saúde e de órgãos de vigilância dos estados para este momento de isolamento social, só se deve buscar atendimento odontológico em caso de urgência ou emergência.
Ciente da gravidade do cenário, o Conselho federal de Odontologia reuniu recomendações sobre medidas de prevenção e proteção da saúde bucal em tempos de propagação intensa do novo Coronavírus.
Em primeiro lugar, não podemos negligenciar a higiene bucal diária, que é essencial para evitar o surgimento de cárie, gengivite e mau hálito, além de problemas mais graves. A higiene deve ser feita com escova de cerdas macias e creme dental com flúor, e a limpeza entre os dentes requer o fio dental — se houver indicação do cirurgião-dentista, pode-se complementar com o uso do enxaguante bucal. Lembrando que a escovação deve ser feita ao acordar, após as refeições e antes de dormir.
Cuidados especiais durante a pandemia de Coronavírus
Uma das formas de contágio do novo Coronavírus se dá pela disseminação de gotículas de saliva. Por isso, se alguém na casa estiver com sintomas ou suspeita da infecção, o uso de pasta de dente, sabonete e toalha de rosto precisa ser individualizado. Nesse sentido, também se indica não deixar as escovas no mesmo ambiente.
Antes de realizar a higiene bucal, é importante sempre lavar as mãos até a metade do pulso e entre os dedos, por no mínimo 20 segundos. Não custa frisar: lavar frequentemente as mãos é uma das principais medidas para conter o vírus.
Outro conselho é evitar colocar a mão na boca. Estudos recentes mostram que o causador da Covid-19 consegue sobreviver por até três dias em superfícies como plástico e aço. Nossas mãos estão em contato constante com vários materiais, que podem estar contaminados. Tocar nessas superfícies e levar as mãos à boca, ao nariz ou aos olhos aumenta o risco de pegar o vírus. Em casa, certifique-se de redobrar a limpeza das superfícies e dos objetos pessoais.
Qualquer urgência entre em contato com seu dentista. Maiores informações e importantes dicas você encontra em nosso Instagram @odontologiazambon e nova pagina no Facebook (Odontologia Zambon). Siga-nos e fique em informado.

* Cirurgiã Dentista – Especialista em Odontopediatria

** o texto é de inteira responsabilidade da autora e não representa necessariamente a opinião do site

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada249 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *