PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL – PROGEA- DA POLÍCIA MILITAR FORMA TURMAS EM CONSELHEIRO PENA

231bec9d-155d-44f6-8661-c5fbef0414ba

Foi realizada no início da tarde de quarta-feira, na quadra de esportes Prof. Edmundo, a formatura de  turmas de alunos do 4º ano do ensino fundamental da E. M. Amado Lima em Conselheiro Pena, no Programa de Educação Ambiental (PROGEA). O programa é desenvolvido pela 8ª Companhia de Polícia Militar Independente de Meio Ambiente e Trânsito, com o Colégio Tiradentes, e acontece na cidade desde 2007.

57 alunos receberam o certificado e a  solenidade contou com várias autoridades e segmentos da sociedade.
Mediador Cb Paulo Lopes.
8º Cia PM Ind MAT
O projeto, que teve início em Valadares, expandiu-se para diversas cidades mineiras devido a sua importância e potencial. Hoje o programa acontece em todo o Estado e é padronizado.

segundo o mediador Cb. Paulo Lopes o PROGEA tem como foco a preservação e conservação ambiental. ”É um projeto no qual o professor permanece dentro da sala de aula, e dois militares da área de meio ambiente desenvolvem um trabalho com os alunos sobre a preservação e conservação do meio ambiente.”
 projeto tem por objetivo estimular as habilidades das crianças para que tenham hábitos saudáveis com relação à natureza. A Polícia Militar de Meio Ambiente não traz conceitos prontos para as crianças: são expostos algumas histórias, e elas vão pensar em soluções para minimizar certos problemas, e aos poucos vão trabalhando, discutindo e adquirindo a consciência ambiental através de uma discussão coletiva sobre meio ambiente.’

Por David Luvinstain

Com informações e fotos do Cb Paulo Lopes

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada2.240 vezes

Um comentário em “PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL – PROGEA- DA POLÍCIA MILITAR FORMA TURMAS EM CONSELHEIRO PENA

  • 2 de dezembro de 2016 em 15:58
    Permalink

    Parabéns a polícia militar de meio ambiente na pessoa do nosso conterrâneo Cb Paulo Lopes pelo o trabalho excepcional e grandioso desenvolvido em nosso município.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *