NÃO SEJA UM ESPINHEIRO – *Por José Nilson

Novo Governo é governar diferente, de uma maneira nada habitual. Como se desenvolve esse tipo de governo? Primeiro que não é do lado de fora, más, do lado de dentro, não é partido, não é bandeira, é em espírito. Só conseguirá administrar de um jeito desigual quem for capaz de separar campanha política, isso é, descer do palanque e se ocupar em governar para todos, ter senso de justiça e reconhecer méritos de funcionários efetivos que estão há pouco ou muito tempo em determinada função, lá estão, mesmo desviados de função, porque tem experiência, receberam formação técnica, teórica e pratica. Novo, é cumprir o estatuto dos servidores municipais, pagar salubridade e periculosidade, utilizar o efetivo e contratar pontualmente, dentro do necessário. Novo é ter um espírito humilde, abandonar a soberba e aceitar que não sabe tudo. Administrar sabendo que o serviço público é uma engrenagem, onde tudo tem que funcionar de forma ordenada, para isso depende de todos; é ter sensibilidade, capacidade, habilidade para se adaptar às realidades, agir rapidamente ante – desastres naturais, por exemplo: tempestades, inundações; combater desastres humanos, gerados pelas ações ou omissões humanas, como acidentes de trânsito, incêndios industriais, crimes contra a pessoa e contra a vida, contaminação de rios, desmatamento, entre outros. Que seja inteligente, mas, sobretudo sábio, tenha vocação para governar, desejo de praticar um modelo de gestão, isto é, considerar todos os recursos materiais, financeiros, humanos e tecnológicos que já estão na estrutura a ser governada. Não precisamos de um super homem, nem de uma super mulher para governar nossa cidade, precisamos de alguém que traga consigo uma porção de humanidade: Não carregue ódio, desejo de vingança. Diferente será quem dialogar, convencer, articular, discernir, sabendo que há pessoas que elogiam querendo derrubar, outras que criticam querendo levantar, muitas informações falsas, outras que são verdadeiras, como saber o que é o quê? Novo é tratar todos igualmente sem discriminar ninguém; novo é priorizar a vida, novo é não fazer acepção de pessoas. Não ande pisando alto como um imperador, más sereno e confiante. Porém se ficares agarrado a partido, confiar somente nos iguais, não der oportunidade, autonomia, se não confiar, se ver o servidor efetivo como inimigo, alguém que tem a intenção de derrubar ou prejudicar o governo, esquece, não tem nada de novo, mudou somente a casca, por dentro o espírito é o de sempre. Faça seu plano de governo sem esquecer que as coisas estão em movimento, estão acontecendo, as circunstâncias modificam e se transformam.– Por uma sociedade sem males –

  • José Nilson auto intitula-se como Sacerdote, Profeta e Rei

**o texto é de inteira responsabilidade do seu autor e não representa necessariamente a opinião do site

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada281 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *