FALSA MÉDICA É PRESA NO HOSPITAL DE CONSELHEIRO PENA

hospitalcpena
Hospital de Conselheiro Pena -foto internet-divulgação

 

Conselheiro Pena – Uma mulher foi presa nesta tarde, 17/05, depois de tentar se passar por médica no hospital de Conselheiro Pena.

Conforme consta do Boletim de Ocorrência da Polícia Militar, Lucimar M. O., 49, chegou ao hospital vestindo um jaleco branco, se identificando como médica e madrinha de uma criança que acabara de nascer, e precisava visitar a criança e mãe, Ramoni P.L.

A farmacêutica do hospital suspeitando da mulher chamou a Polícia Militar. A mãe da criança, disse aos militares que a suspeita  seria realmente sua madrinha e que seus parentes trabalham na casa de Lucimar e que teria outros dois filhos, de 06 e 02 anos, que  passaram 05 meses na residência da falsa médica e que a mesma teria vindo ajuda-la no período de resguardo, e posteriormente daria a guarda da criança pois não a queria.

Lucimar seria do estado do Espírito Santo, e disse à Polícia Militar que chegou na cidade com o fim de visitar a mãe da criança, mas como estava vestida com uma roupa inadequada para adentrar no hospital, vestiu um jaleco, o qual trouxe consigo da cidade de Serra – ES; mas que não teve má intenção, pois já teria trabalhado no hospital Nossa Senhora da Glória, na cidade de Vitória –ES  alegou ainda que seria portadora de algumas enfermidades que necessitam acompanhamento, posto que não possui condições de cuidar de um recém nascido de forma definitiva.

A assistente social do município foi chamada para acompanhar a situação juntamente com uma conselheira tutelar.

Várias foram as versões apresentadas pela mãe da criança, mas ela negou que estaria negociando a venda do bebê para a falsa médica  e após audiência do Conselho Tutelar junto com a Juíza da cidade, Dra. Anne Rose, esta determinou que a recém nascida fosse recolhida a um abrigo.

A mulher foi presa por identidade falsa.

Equipe PM: Sgt Natália e Sd Vlademir

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada16.895 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *