POLÍCIA CIVIL PRENDE IRMÃOS SUSPEITOS DE EXECUTAREM HOMEM A FACADAS

Polícia Civil de Minas Gerais, através da delegacia em Conselheiro Pena, cumpriu na manhã dessa terça-feira, 19, dois mandados de prisão temporária e mais três de busca e apreensão em desfavor dos irmãos Vauto Campos (37) e Vivaldo Ribeiro Carreiro (45). Os dois homens são suspeitos de assassinarem Welinson Pacheco Avelino (32), conhecido por “Nem Mancola”, no início de janeiro deste ano. https://www.noticiasnoleste.com.br/?p=14649

De acordo com o delegado Douglas Veloso, responsável pela apuração do crime, os suspeitos foram interrogados e assumiram a autoria do homicídio, que teria ocorrido de forma premeditada e por vingança. Segundo os suspeitos, a motivação estaria relacionada ao fato da vítima ter tentado furtar a motocicleta de Vauto em data pretérita, além de ter falado para Vivaldo que pessoas deficientes como o filho dele deveriam morrer e que “esse pessoal não deveria existir no mundo”, afirmou Vivaldo. Revoltados, os investigados teriam tramado o crime em três dias e executado a vítima com dezenove facadas na região do abdome e um golpe no pescoço.

Durante o cumprimento dos mandados, os policiais encontraram na fazenda onde o investigado Vauto trabalha, uma garrucha polveira de fabricação artesanal e algumas gaiolas com pássaros trinca-ferro e colerinhos, que estavam sendo mantidos em cativeiro. Por essa razão, Vauto foi autuado em flagrante delito e deverá responder, também, por posse ilegal de arma de fogo e crime ambiental.

Dessa forma, os investigados foram detidos e conduzidos ao Sistema Prisional, devendo permanecer presos à disposição da Justiça.

A operação policial contou com a participação da equipe de investigadores de Conselheiro Pena e Resplendor.

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada6.557 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *