COM CIÚMES DA DANÇA, NAMORADO ESFAQUEIA NAMORADA EM BAR NA COHAB

Conselheiro Pena – Uma mulher foi esfaqueada na madrugada de ontem, 19/09 em um bar no Bairro Cohab/Benevides.

A Polícia Militar recebeu várias ligações, relatando o crime e foram ate o hospital da cidade onde o namorado era o principal suspeito No hospital os militares encontraram o suposto namorado na recepção e a mulher já estava sendo atendida. Ao ser questionado, sobre o ocorrido, o namorado disse aos policiais que uma pessoa havia esfaqueado sua namorada e ele havia levado ela para o hospital.

Na emergência, a mulher relatou aos militares que seu namorado tinha lhe golpeado com uma faca que carrega sempre na cintura. Segundo o Boletim de ocorrências, o médico relatou aos policiais que a mulher sofreu uma lesão nas costas com aproximadamente 6 cm de profundidade, mas que não atingiu nenhum órgão vital.

Segundo a vítima eles estavam em no bar, quando o namorado a puxou pelos cabelos e a levou para fora do estabelecimento, jogou ela no chão e a esfaqueou nas costas, sentindo o ferimento ela desceu para o Hospital a procura de socorro.

Segundo narrou a própria vítima, o rapaz teria ficado com ciúmes quando ela estava dançando funk e ele achou que ela estava sensualizando para um outro homem. Segundo consta do Boletim de Ocorrências, o rapaz só parou de golpear, pois foi impedido por populares que tiraram a faca da suas mãos.

O suspeito foi preso e sendo encaminhado para o Quartel para confecção do Boletim de Ocorrências, quando ao sair da viatura fugiu correndo algemado, o que foi necessário o empenho dos militares em uma perseguição para sua recaptura, pelas ruas do bairro Benevides, onde o fugitivo saiu pulando cercas, muros, ribanceiras, barrancos, até ser recapturado e levado ao Hospital da cidade, com vários ferimentos por conta da fuga.

Ele foi conduzido para a Delegacia de Plantão de Governador Valadares.

 

Equipe de Militares: sgt Vilela, Cb Tiago Souza, Cb Cesar, Sgt Natália, Sgt Magela, Cb Cleiton, Cb Múcio, Cb Ambrósio, Cb Domiciano, Sgt Rodrigo

Esta matéria foi visualizada4.634 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *