QUASE 500 CIDADES MINEIRAS NÃO TIVERAM MORTES POR COVID EM SETEMBRO

Mais da metade dos 853 municípios mineiros não registraram mortes por Covid-19 no mês de setembro. Ao todo, foram 463 cidades mineiras sem óbitos no período, ou 54% do total.

O dado é de um levantamento feito pela reportagem da CBN a partir do banco de dados da Secretaria Estadual de Saúde.

A responsável por essa boa notícia é a vacinação contra a Covid-19: em quase 91% desses municípios, mais 60% de toda a população já foram vacinados pelo menos com a primeira dose.

Ibirité, que fica na Região Metropolitana de Belo Horizonte, é um exemplo. A cidade, que chegou a registrar 100% de ocupação dos leitos em março deste ano, completou um mês sem nenhuma morte causada pela doença na semana passada.

A secretária municipal de Saúde, Carina Bitarães, diz que a vacinação é a responsável pela melhora no cenário e que é preciso que outras cidades do entorno também avancem na imunização para manter os bons resultados.

“Com certeza foi o avanço da vacinação. A importância é exatamente ir as unidades básicas de saúde, não deixar de tomar segunda dose e, com isso, pessoa vai se imunizando e está protegendo a si e aos outros também. Principalmente Ibirité, que é um município onde muitas pessoas trabalham em outras cidades, os outros municípios também têm que manter a população imunizada, manter todos os cuidados, para estar, automaticamente, protegendo Ibirité”, disse ela.

Janaúba, no Norte de Minas, já está há 40 dias sem registrar nenhuma morte por Covid-19. O secretário de Saúde, Helvécio Campos, conta que é o sentimento é de vitória, após tantos meses difíceis neste ano.

“Uma sensação de vitória da União. Vitória da união da comunidade, que entendeu a nossa mensagem desde primeiro momento, do que era preciso ser feito. Este é o sentimento de uma vitória, garantida por trabalharmos dentro do que, as normas, as melhores normas sanitárias, nos dizem. O sanitarismo, ele vence quando todos se unem por uma boa causa, e a boa causa era a vida”.

Além dessas cidades que já estão sem mortes, outras localidades estão próximas de atingir a marca. É o caso de Curvelo, na região Central do Estado. Entre março e abril deste ano, o município, de 81 mil habitantes, viveu os piores dias da pandemia, registrando quase 100 mortes nesse período. Atualmente, 75% dos moradores já receberam a primeira dose, e a cidade pode completar 30 dias sem mortes por Covid-19 nesta quarta-feira.

O secretário de Saúde, Raphael Dumont, conta que graças à vacinação o município está passando por esse momento, mas pede que a população continue seguindo as outras medidas sanitárias.

“A gente graças a Deus está fechando quase trinta dias sem nenhum óbito. Aí a gente tem uma tendência a ter um relaxamento maior. Mas, por isso, que é importante, tanto que a Secretaria de Saúde vem falando através das mídias sociais, através dos fiscais sanitários, a necessidade das três práticas ainda: distanciamento, o álcool em gel e o uso de máscara. A vacina sozinha, ela não consegue vencer pandemia não, a gente sabe que precisa sim da vacina, mas precisamos das outras três medidas preventivas.”

Em setembro, Minas Gerais somou 1.571 mortes por Covid-19. Apesar de ainda alto, o dado é o menor dos últimos nove meses e representa uma queda de 85% em relação a abril, o mês mais letal de toda a pandemia em Minas, quando foram quase 10 mil mortes em 30 dias.

Esta matéria foi visualizada375 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *