A VACINA CONTRA COVID-19 NAS CRIANÇAS – Por Dra. Táyna Almeida*

Esse é um tema que tem se falado muito nas ultimas semanas e todos os dias no consultório tenho pais com dúvidas.
As vacinas foram estudadas e aprovadas, não tem “achismo”, pessoas sérias estão envolvidas por trás desses estudos. O mundo está de olho no assunto e autoridades competentes liberaram o uso nas crianças de 5 a 11 anos. Então a vacina é segura sim e todas as crianças dentro da faixa etária abrangente devem se vacinar.
Os dados mais robustos divulgados são dos Estados Unidos onde as crianças de 5 a 11 anos iniciaram a vacinação em novembro de 2021 e o que vimos foram relatos de eventos adversos leves e numa parcela muito, muito pequena, reações mais sérias (febre alta, vômito, alteração de enzima cardíaca e dor no peito) todos com desfecho bom.
Vocês já leram bula de medicamento sobre a possibilidade de efeito adverso? Sabem as possibilidades de efeitos colaterais nas vacinas do calendário básico de imunização? Todos tem risco, mas nem por isso deixamos de fazer. Vacinas salvam vidas, sempre salvaram.
Existe uma complicação pós Covid nas crianças se chama Síndrome Inflamatória Multissitêmica Pediátrica ( SIM-P), até crianças que tiveram a infecção assintomática podem desenvolver essa complicação. E a boa notícia? Um estudo nos Estados Unidos avaliou a efetividade da vacina em reduzir os casos de SIM-P. Outra dúvida comum é a respeito da dose, não é a mesma dose de adulto, as doses são menores nas crianças.
Então só temos motivos bons para vacinar nossas crianças.

 

Esta matéria foi visualizada448 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *