DICAS PARA PASSAR UM BOM INVERNO – Por Dra. Táina Almeida

O inverno começa oficialmente em 22 de junho, mas já estamos sentindo uma variação na temperatura, com alguns dias frios.
E com a mudança de temperatura já vem as “ites”, rinite, laringite, crises de asma, rinossinusites e por aí vai. Para as crianças alérgicas os sintomas são piores. Mas temos alguns cuidados que devemos seguir para esse período ficar mais tranquilo.
– Lavar as narinas diariamente, o tempo fica mais seco e precisamos que o ar que chegue aos pulmões esteja úmido e aquecido.
– Lavar as roupas de frio que não são usadas há muito tempo e cobertores e roupa de cama também.
– Deixar a casa arejada, janelas abertas, a tendência é ficarmos mais juntinhos e tudo fechado. Dessa forma aumentamos a chance de propagação dos vírus.
– Em caso de sintomas gripais lembrar dos cuidados de não tossir nas mãos, higienizar sempre as mãos e uso de máscara. Mesmo que não seja Covid é ideal o uso de mascara para evitar propagação de outros vírus.
– Evite contato com pessoas que tenham sintomas gripais. Cuidado com os recém nascidos, não visitem.
– Tomar a vacina da gripe
– Se faz uso de medicamentos contínuo para alguma doença respiratória, é hora mais do que nunca de não esquecer de usa-los.
– Evitem locais fechados, prefira passeios ao ar livre.
– Faça a limpeza diária da casa, evite acumulo de coisas que servem para juntar ácaros. Tenha o necessário.
– Hidratação da pele também deve ser redobrada. Use um bom hidratante e use uma boa quantidade em todo corpo mais de 1 vez ao dia.
– os olhos também devem ser hidratados com colírios de lagrimas artificiais, principalmente por quem tem conjuntivite alérgica.
– Beber bastante liquido, principalmente no frio esquecemos de beber água.
– Quer aumentar a imunidade? Aleitamento materno, alimentação saudável, lazer. Nada de cair no “golpe das vitaminas”.
São dicas valiosas para nossas crianças e adultos. Todos se beneficiam. Fiquem de olho.

Dr. Táina Almeida – é médica pediatra em Conselheiro Pena

* Os texto é de inteira responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do jornal

Esta matéria foi visualizada273 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *