A Neuropsicopedagogia e o Transtorno do Espectro Autista – TEA – Por Renata Lopes

O mês que se findou, “Abril” é o mês mundialmente conhecido e utilizado para disseminar a conscientização com respeito ao Autismo, compreendendo a importância desse assunto, entendemos que a informação deve ser levada, todos os dias do ano, hoje discorreremos sobre a atuação da neuropsicopedagogia dentro do TEA.
O autismo é um transtorno neurobiológico, que recebe inferências ambientais, se manifesta na primeira infância, que afeta a capacidade de comunicação, interação social e comportamento. Cada indivíduo com autismo apresenta um perfil único de
características, e, devido a isso, as intervenções devem ser individualizadas e adaptadas, conforme as necessidades de cada pessoa.
A Neuropsicopedagogia por sua vez, busca avaliar de forma personalizada de como o cérebro da criança aprende e processa as informações oferecidas, contribuindo e proporcionando programas de ensino que estimulam a criança a adquirir novos conhecimentos, viabilizando um aprendizado eficiente, e favorecendo a aprendizagem das crianças com TEA.
O suporte da Neuropsicopedagogia atua desde a avaliação do funcionamento neural,
identificação das habilidades e dificuldades do indivíduo, aos planos de intervenções e práticas. Algumas das formas pelas quais atua detalhadamente: Realiza avaliações para identificar as áreas em que a criança tem mais dificuldades e as habilidades que já possui;
Desenvolve estratégias pedagógicas específicas: com base na avaliação das habilidades e dificuldades, elabora planos de intervenções individualizados, que inclui estratégias pedagógicas específicas, buscando estimular suas habilidades cognitivas e sociais;
Trabalha a comunicação e a interação social: uma condição que demanda grande atenção dentro do espectro. Diante de todo esse estudo e compreensão, são desenvolvidas estratégias que estimulem a criança a um desenvolvimento funcional, com mais autonomia e independência, trabalhando habilidades como organização,
planejamento e execução de tarefas.
Sendo assim, o Neuropsicopedagogo, contribui de forma efetiva com os professores e pais diante da aprendizagem de crianças com o TEA, realizando adaptações curriculares e monitorando essa aprendizagem, é um suporte elo importantíssimo dentro da equipe multidisciplinar necessária para as intervenções adequadas e necessárias dentro do TEA.
Para maiores informações e atuação, estamos situados à Rua José Maurício de Vasconcelos,1759, sala 02 – centro – Conselheiro Pena ou agende pelo telefone, também whatsapp (33) 98465-3359

 

  • Neuropsicopedagoga clínica e institucional
  • CBO 2394-40/45
  • O artigo é de inteira responsabilidade da autora
Esta matéria foi visualizada1.020 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *