POLÍCIA MILITAR DE CUPARAQUE INICIA PROJETO DE REOCUPAÇÃO SOCIAL DA PRAÇA DA MATRIZ

 

Cuparaque – Toda a população da cidade tem percebido ha tempo que a praça da Matriz, cartão postal do município de Cuparaque, vinha sendo utilizada por infratores para o tráfico de drogas.

A Polícia Militar procurou a prefeita Mônica Tessarolo,  que colocou em prática a troca das lâmpadas de todas as luminárias existentes no local, de 60 watts por lâmpadas de 250 watts no total de 40 lâmpadas. Também foi agendado uma poda das árvores afim de criar um ambiente mais iluminado e seguro. 

Como forma de resgatar a presença das famílias de bem naquele ambiente, no dia 27 de fevereiro, os militares se reuniram com todos os líderes das igrejas existentes no município: Igreja católica, 1° Igreja Batista, Batista Fogo para as Nações, Batista Nacional, Igreja Presbiterana, Igreja Maranata e Igreja Assembleia de Deus, tendo sido passado a eles a ideia de que cada igreja fosse responsável por realizar em um sábado ao mês um culto, ou louvor, ou uma celebração na praça no horário entre as 19 e 21hs.  com o objetivo é que, através das práticas religiosas, sem distinção, o local possa novamente ser frequentado, deixando o ambiente favorável à comunidade e desfavorável às práticas criminosas.

Neste sentido, a polícia militar, como um agente social de extrema importância para a comunidade, busca chamar outros agentes de igual importância para somar em prol da busca da paz social.

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada2.510 vezes

5 comentários em “POLÍCIA MILITAR DE CUPARAQUE INICIA PROJETO DE REOCUPAÇÃO SOCIAL DA PRAÇA DA MATRIZ

  • 3 de março de 2019 em 22:52
    Permalink

    Tinha que proibi anda de bicicleta nela também!

    Resposta
  • 3 de março de 2019 em 23:14
    Permalink

    Quero parabenizar a PM pela brilhante iniciativa em trazer de volta as famílias para a praça.
    Como pastor da Primeira Igreja Batista de Cuparaque me coloco a disposição, juntamente com com os membros para o que for necessário.
    Parabens.
    Pr. Izaque Borrett.

    Resposta
  • 4 de março de 2019 em 00:06
    Permalink

    Parabéns a Vocês pela iniciativa só a sim podemos combater a criminalidade todos unidos pelo um único objetivo ass:jeferson cuparaquense nato

    Resposta
  • 4 de março de 2019 em 18:40
    Permalink

    Acho nobre a ideia de resgatar a praça, porém o artigo não toca na verdadeira causa do problema, que são os delinqüentes e traficantes na praça. Será que não seria melhor prende-los?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *