DIABETES – Por Dr. Luiz Eduardo Gonçalves Ribeiro- Médico Generalista

O dia 14 de novembro foi escolhido para lembrar o Dia nacional do combate à Diabetes.
No Brasil a Campanha é organizada pela Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), com oficial apoio de outras entidades, como a Sociedade Brasileira de Endocrinologia (SBEM); a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Federação Internacional de Diabetes (IDF).
O objetivo é prevenir e controlar a doença controlando a alimentação e promovendo a prática de atividades físicas. De acordo com dados da Federação Internacional de Diabetes (IDF), em todo o mundo mais de 400 milhões de pessoas têm a doença. No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, já são cerca de 14 milhões de pessoas com diabetes e por dia aparecem 500 novos casos .
A diabetes é a incapacidade do pâncreas em produzir a quantidade de insulina necessária e, consequentemente, causa um aumento anormal do açúcar ou da glicose no sangue. Entre alguns sintomas da doença estão: sede excessiva, rápida perda de peso, fome exagerada, cansaço inexplicável, muita vontade de urinar, má cicatrização, visão embaçada e falta de interesse e de concentração.
São dois tipos da doença. O tipo 1, é mais frequente em crianças e adolescentes que desenvolvem anticorpos contra o próprio pâncreas. Já o tipo 2 é mais frequente em obesos, idosos e em pessoas com genética favorável. Essas pessoas tem resistência à insulina e o metabolismo acaba necessitando de uma quantidade ainda maior quando doente.
Os diabéticos precisam de uma alimentação específica e personalizada. Doces e açúcar refinados devem ser cortados do cardápio porque aumentam a absorção de insulina e a glicemia tende a subir causando um quadro de hiperglicemia. Nutricionistas afirmam que todos os alimentos ingeridos pelos diabéticos devem ser integrais e diets. Comidas com índice glicêmico alto jamais devem ser consumidas pelo doente.
Outro cuidado é com algumas frutas que possuem açúcar natural, chamado frutose e, se ingerido demais, pode interferir na glicemia. Se o diabético quiser comer uma salada de frutas, o indicado é misturar no máximo três tipos diferentes e ingerir apenas duas colheres de sopas. A regra não é diferente para os sucos.
Complicações: Aterosclerose; Doença Arterial Periférica; Doença cardíaca e enfarte; Lesões renais; Lesões oculares; Lesões neurológicas; Problemas nos pés; Doença do foro dentário; Disfunção sexual.
Estas complicações poderão ser evitadas se controlar de forma adequada a sua diabetes. Isto significa tomar medidas para reduzir os seus níveis de glicemia através de uma alimentação saudável, exercício físico regular e medicação. Exames regulares (como por exemplo análises de sangue) também podem ajudar a evitar complicações, por meio da detecção precoce e tratamento eficaz.
Se tiver uma participação ativa na gestão da sua diabetes, já está a fazer progressos na diminuição dos riscos de problemas relacionados com a doença.
O paciente com diabetes deve sempre estar em contato com o seu Médico, e comparecer às consultas periódicas para verificar o andamento e controle da doença.

***este texto é de inteira responsabilidade do seu autor e não representa necessariamente a opinião do site

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada350 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *