MULHER É DETIDA PELA POLÍCIA MILITAR DEPOIS DE FAZER COMUNICAÇÃO FALSA DE CRIME

Conselheiro Pena – Uma mulher foi detida pela Polícia Militar, na manhã de 07/05, depois de fazer uma comunicação falsa de crime. T.C. O., 23 relatou aos militares que após chegar a Conselheiro Pena, e sair da rodoviária com direção ao centro, teria sido abordada por dois assaltantes armados, que teriam colocado uma arma em sua nuca, levando dela R$ 300,00, o aparelho celular e sua carteira de identidade.

A mulher chegou a descrever as características dos suspeitos, apontado inclusive tatuagens e roupas.

A Polícia Militar prontamente começou uma diligência para encontrar os suspeitos, mas quando perguntaram uma testemunha que estaria com a mulher, esta afirmou não ter ocorrido nada do que teria sido relatado pela suposta vítima.

A Polícia chegou a verificar imagens de câmeras próximas a rodoviária e interrogou várias pessoas, que negaram ter visto qualquer evento estranho próximo ao local que teria ocorrido o crime.

Ao confrontarem as informações com a suposta vítima, ela começou a entrar em contradição, divergindo várias vezes, e acabou por confessar que não havia sido vítima de roubo, mas que na verdade teria ido ao Banco sacar o Auxílio Emergencial do Governo Bolsonaro e como havia extraviado sua carteira de identidade, pensou em relatar um roubo a fim de com o boletim de ocorrência, conseguisse realizar o saque.

Após o esclarecimento dos fatos, a mulher assinou um termo circunstanciado em que se comprometia a comparecer ao Juizado Especial Criminal  em audiência para responder por comunicação falsa de crime, sendo liberada em seguida. Parte inferior do formulário

 

Esta matéria foi visualizada1.387 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *