EFEITO INESPERADO: A COVID-19 É CAPAZ DE CAUSAR PROBLEMAS DENTÁRIOS? – Por Dra. Fátima Zambon*

Ao que parece a resposta não é um consenso entre os profissionais da área de saúde, mas relatos mostram que perda de dentes após contágio tem acontecido Com frequência.
Uma das hipóteses encontradas pelos médicos é a de que o vírus infecta as veias sanguíneas, impactando diretamente no fluxo de sangue nas gengivas, dentes e língua, o que pode levar a dor e queda, no caso dos dentes.
Outra teoria é a de que a covid-19 só faz com que os dentes caiam quando o paciente já possui uma condição dentária prévia.
Por ser um dos principais locais de transmissão e contágio pelo SARS-CoV-2, a boca fica em um estado bastante vulnerável. Um estudo publicado em fevereiro deste ano apontou que a presença dos receptores ECA2 na boca das pessoas podia fazer com que a cavidade oral se tornasse um “ninho” perfeito para a replicação do vírus.
Além disso, as gotículas de saliva são conhecidas por carregarem em si uma quantidade de carga viral capaz de infectar as pessoas em uma distância de até oito metros, segundo estudos. Tudo isso pode enfraquecer os dentes a longo prazo, mas nada foi confirmado até o momento.
Uma terceira possibilidade é a de que a tempestade de citocinas pode estar se manifestando na boca dos pacientes. A hiper-reação faz com que o sistema imunológico entre em colapso.
Se uma das reações à covid-19 está na boca, pode se tratar de um mecanismo de defesa contra ela. Doenças como as de gengivas são muito sensíveis a reações hiper-inflamatórias, e as da Covid com certeza se encaixam nessa categoria.
Todos os relatos indicam perda de dentes saudáveis, de uma boca sadia e uma característica importante a ser natação que a falta de sangue no momento da queda algo bastante incomum.
Basta uma pesquisa rápida na internet para encontrar outros diversos relatos sobre problemas dentários em pessoas que foram infectadas pelo SARS-CoV-2.
Uma publicação feita em outubro indaga: “os dentes de mais alguém começaram a deteriorar de repente?”. Segundo a participante, os dentes dela se tornaram translúcidos e cinzas após ela ter a doença.
Ainda não existe nenhuma certeza sobre o coronavírus e sua relação com problemas dentários. É preciso esperar, uma vez que tanto os médicos quanto a população ainda estão aprendendo sobre a doença.
Acompanhe nossos artigos por aqui e no nosso Instagram @odontologiazambon que tudo de novo será postado por esses canais.

* Cirurgiã Dentista – Especialista em Odontopediatria

** o texto é de inteira responsabilidade da autora e não representa necessariamente a opinião do site

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada230 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *