TOMAR LÍQUÍDO DURANTES AS PRINCIPAIS REFEIÇÕES FAZ MAL? MITO OU VERDADE? – Por Maria Alves – Nutricionista

É recomendável a não ingestão de liquido em excesso durante as principais refeições (almoço e jantar). É importante entendermos que, o ato de tomar líquidos durante as refeições não passam de hábitos, do que uma necessidade. A ingestão de líquidos e mais uma questão de adaptação, assim como a mastigação. O processo digestivo começa na boca com o auxilio da saliva, que possuem enzimas que são liberadas para ajudar na trituração do alimento. Dessa forma chegando ao estomago e se torna mais fácil o processo de digestão com a ajuda do suco gástrico.
Ao ingerir líquido com exageros estamos atrapalhando a ação do suco gástrico e de enzimas gástricos ambos fundamentais para quebra e digestão desses alimentos, além de sobrecarregarmos o processo digestivo reduzindo a absorção de vitaminas e minerais de forma correta. Com esse mal habito de ingestão de liquido durante as principais refeições, há influencia na dilatação do estomago que, aumenta o volume do bolo alimentar dando a falsa sensação de saciedade. Como isso pode acarretar sintomas como, distensão abdominal, indigestão, queimação, azia e refluxo.
Uma dica, se não for possível a não ingestão de líquidos durante as refeições, prefira sucos naturais do que refrigerantes e sucos de caixinhas que elevam as calorias da refeição devido o açúcar além dos conservantes. De preferencia aos sucos de frutas cítricas que favorece a absorção de ferro e minerais. Outra dica beba no máximo 200 ml para que não seja prejudicial à digestão e absorção de nutrientes.

Que seu alimento seja seu remédio
Que seu remédio seja seu alimento ( Sócrates)

  • Nutricionista
  • ** o texto é de inteira responsabilidade da autora e não representa necessariamente a opinião do site
Esta matéria foi visualizada410 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *