POLÍCIA AMBIENTAL APREENDE MATERIAL EXPLOSIVO EM LAVRA SUBTERRÂNEA

mamb

Galileia – A Polícia Militar Ambiental, apreendeu nesse dia 14/01, um rolo de cordel detonador, dez espoletas intactas e aproximadamente 6,900 kg de nitrato de potássio misturado a óleo diesel em condições de serem usados na detonação de rochas e pedras ornamentais.

Os materiais estavam em uma lavra subterrânea, no distrito de Sapucaia do Norte, município de Galiléa.

O responsável pelo empreendimento foi localizado por telefone, e disse que não havia local seguro e adequado para o armazenamento dos produtos, e ainda havia autorização e/ou profissional legalmente registrado para manusear, inspecionar ou executar as atividades de detonação.

Os materiais foram apreendidos e encaminhados à delegacia.

Equipe: Sgt Mauro Cezar, Cb Paulo Sergio

Por David Luvinstain – Fotos PM

mamb2

Esta matéria foi visualizada3.994 vezes

Um comentário em “POLÍCIA AMBIENTAL APREENDE MATERIAL EXPLOSIVO EM LAVRA SUBTERRÂNEA

  • 16 de janeiro de 2017 em 12:54
    Permalink

    Ha muitos anos, nossa região era famosa por ser produtora de minerais. Eram pedras preciosas e semi-preciosas de muitas espécies, algumas muita raras. Famílias se sustentavam com o garimpo, quem não se lembra da Lavra da Itatiaia?
    Circulava muito dinheiro no comércio, fomentava o turismo, gerava empregos, matava a fome!
    Hoje, o governo, no sentido amplo da palavra, adotou uma política de represália aos garimpeiros. Não sei se represália é o termo mais adequado, mas para o garimpeiro ou aquele que tem pouco recurso financeiro investir no setor ficou impossível. Conseguir um licenciamento ambiental, comprar material explosivo, registrar um subsolo e outras coisinhas mais, ficou quase impossível. Só mesmo para as grandes empresas.
    Rubelita, turmalina, morganita, cristal, água marinha e outros minerais produzidos em nossa região, só serão conhecidos através da internet ou por casos de antigos!!!
    Lamentável!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *