A IMPORTÂNCIA DAS NASCENTES – Por Valter Andrade

Valter Ferreira de Andrade – Técnico em Saneamento Ambiental / Servidor da FUNASA

A questão envolvendo os recursos hídricos, as vezes passa despercebido por muitos que através de um simples ato, um simples cuidado faz toda diferença. Quando falamos de proteção e recuperação de uma nascente, a discussão toma vários rumos e as divergências nos leva inicialmente ao pessimismo, dando a entender ser tão difícil e complexo adotar ações visando a preservação desses olhos d`água tão importantes nas propriedades rurais e na formação dos pequenos, médios e grandes cursos de água.
Ao ver um córrego, usando como exemplo o nosso córrego João Pinto, manancial com maior volume de água no município e responsável pelo abastecimento de toda a população da nossa cidade, fica difícil imaginar que suas águas são formadas por várias nascentes, nas mais diversas localidades. Nascentes estas que vão formando pequenos córregos nas comunidades e no decorrer do percurso dentro da bacia hidrográfica, vão drenando suas águas para o corpo principal.
Percebemos que ao longo dos anos, os recursos hídricos vêm diminuindo drasticamente e lamentavelmente algumas regiões do nosso município foram penalizadas com a extinção de cursos de água. O que certamente é motivo de preocupação, não apenas para os produtores rurais, mas também para os habitantes das áreas urbanas que geralmente dependem dessa água para satisfazerem suas necessidades.
É bom lembrar que na medida que diminui o volume de água nos córregos ou rios, o principal motivo pode ser associado à falta de proteção das nascentes que estão sendo aos poucos dizimadas através dos desmatamentos e das queimadas.
Daí a importância da participação de todos os seguimentos da sociedade visando reverter esse quadro, pois se nada for feito em prol desses pontos geradores de água que alimenta e mantém a vida do planeta, a vida das gerações futuras estarão seriamente comprometidas.
Proteger as nascentes é uma forma de preservar a água, adotando essa ideia podemos evitar que fiquemos sem o liquido mais importante para os seres vivos. “ÁGUA É VIDA”.

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada354 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *