CAÇADORES DE RECOMPENSA – Por José Nilson Rodrigues

Nós seres humanos decretamos: Está terminantemente proibido se aborrecer com a hipocrisia. A hipocrisia tem que ser respeitada, alimentada, idolatrada, não pode ser contrariada, afinal ela é a nossa maior virtude. O negócio é fingir, dissimular os sentimentos e as intenções.
Olha isso: Em uma empresa, alguns funcionários resolveram fazer uma surpresa para o chefe. Os organizadores da surpresa começaram a convidar a uns e não convidar a outros, os convidados são os afins, que por necessidade, carência ou costume, vivem de bajular, fazem do chefe um tipo de ídolo, não se sentem seguro sem um culto perpétuo às pessoas importantes, os excluídos eram aqueles que não bajulavam o chefe, realizavam suas tarefas e tratava a todos com igualdade, coisa que não pode.
Ao realizarem a surpresa tiraram algumas selfies que eram acompanhadas de alguns dizeres, tais como: deus é bom, deus dê saúde ao chefinho, deus abençoe, deus proteja etc. A adoração à pessoa do chefe parte não da pessoa dele, más do cargo que ocupa, da influência que exerce, isso é hipocrisia e se manifesta quando a gente demonstra amizade por uma pessoa pela necessidade de agradar, de mostrar que está a favor, com a intenção de vir a ser ou continuar sendo beneficiada por ela.
Quando ela deixa aquele cargo, já não tem a importância de antes e é simplesmente esquecida, abandonada. As atenções se voltam para quem ocupou o posto, vamos tentar agradar e começa tudo de novo. Todo hipócrita é inseguro. O que habita a mente de um hipócrita é a insegurança que se transformou em maldade. O ser inseguro se transforma num ser mal, sua insegurança o enche de ânsia de controle sobre o próximo. Todo hipócrita é invejoso. Todo hipócrita é cínico. Todo hipócrita não se enxerga. Todo hipócrita não tem outro mundo se não o exterior.
Hipócritas não procuram aconselhamento, não confessam pecados, pois se consideram infalíveis. Hipócritas só chamam de pecado aquilo que pode ser verificável pelos olhos da carne. Daí o hipócrita é castigado pelo próprio erro. Então, vira diabo. O hipócrita quer que todos sejam rasos, sem capacidade, tão exteriorizados, e tão doentes assim como ele é. – Por uma sociedade sem males –

** José Nilson é Cristão, pai de família e servidor público municipal

******este texto é de inteira responsabilidade do seu autor e não representa necessariamente a opinião do site

Comentários

Comentários

Esta matéria foi visualizada465 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *