MORADOR DESAFIA PREFEITURA E COBRA ENTRADA PARA PARQUE MUNICIPAL CACHOEIRA DOS ANDRADES

Desde o começo do ano várias pessoas tem reclamado que foram impedidas de entrarem na cachoeira dos Andrades, ponto turístico do município que fica dentro do Parque Municipal, criado pela Lei Municipal 1.744/1998.
No local também fica a represa de onde o SAAE capta a água que abastece a cidade. Um proprietário rural, que fica próximo, abriu um bar nas proximidades e começou a cobrar entrada dos cidadãos e moradores  que utilizam a estrada que corta o local. Na prefeitura fomos informados que inexiste contrato de prestação de serviços pela administração direta e indireta que presta serviço de conservação ou cuida do parque.
Recentemente a prefeita encaminhou para a Câmara projeto de Lei que passa a responsabilidade do Parque para o CODEMA, mas ainda não foi votado.
Segundo populares, o morador identificado por Ruizinho, estaria impedindo a passagem pelo local, e vem extorquido a população que visita a cachoeira, inclusive proibindo as pessoas de passarem com caixas de isopor, obrigando-os a comprarem dele bebidas que vende em um bar que ele instalou dentro do parque.
Moradores disseram ainda que o referido cidadão, instalou várias porteiras ao longo da estrada que dá acesso ao Parque e colocou vários cadeados
A cachoeira dos Andrades é tradicionalmente destino da população de Conselheiro Pena de todas as classes que encontram naquele local refúgio nos dias mais quentes para se refrescar e divertir e estão sendo impedidos de chegarem até a cachoeira que fica em público.
Constrangidos por conta das ameaças e dos cadeados que este senhor colocou, várias pessoas tem reclamado, inclusive registrando Boletim de Ocorrência, e comunicando a prefeitura, mas até agora nenhuma providência foi tomada. Enquanto isso, o povo fica refém e as autoridades desafiadas.

Não conseguimos contato com proprietário.

Atualização dia 01/11/2023 – A prefeitura municipal de Conselheiro Pena, acionou a Polícia Militar, quanto a situação do Parque Municipal.

Segundo consta do Boletim de Ocorrências,  quando os militares chegaram ao local, encontraram a estrada para a “Cachoeira  dos Andrades” bloqueada com uma porteira, que não estava trancada, e ao lado da porteira a placa como na foto acima. Segundo os militares, em conversa com o Sr.  Rui Barbosa, que é quem seria responsável pela cobrança da entrada para a cachoeira que fica dentro do Parque Municipal, ele relatou “que, cobra dos frequentadores apenas referente aqueles que não fazem consumo dos produtos vendidos no bar que fica junto a porteira, e o valor é simbólico, cerca de dois reais e que tal valor é utilizado para realizar as despesas relativas a limpeza e manutenção do acesso a cachoeira e recolhimento do lixo deixado pelos frequentadores”, Segundo ainda do que consta do Boletim de ocorrências, o senhor Rui disse ainda “que o terreno era de seu avó há uns sessenta a setenta anos, e agora estaria na justiça, pendente de decisão judicial para estabelecer quem seriam os herdeiros e qual seria a parte de cada um, e ainda com a situação também embaraçada judicialmente com a prefeitura municipal de Conselheiro Pena, que alega que o terreno da cachoeira seria um Parque Municipal. Segundo ele “a prefeitura teria que indenizar a família dos Andrade pela apropriação do local, o que até hoje não foi feito”.

Esta matéria foi visualizada1.963 vezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *